O prefeito de Bayeux, Jefferson Kita, e a secretária de Saúde, Haline Leite, foram recebidos pelo presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), Roberto Magliano de Morais, no final da amanhã desta terça-feira (2), na sede do CRM-PB, em João Pessoa. “Na oportunidade, pudemos apresentar um panorama geral de como encontramos a saúde do nosso município, bem como destacar as medidas que pretendemos implementar para garantir melhores condições de trabalho para os médicos”, afirmou Jefferson Kita.

Segundo Jefferson Kita, a gestão passada deixou a rede de serviços de saúde do município em situação de abandono, tanto com relação às estruturas físicas, quanto de equipamentos e abastecimento de medicações e insumos para atender à população, em especial, neste momento de grande fragilidade da saúde pública, que é a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19).

“Bayeux vive um momento difícil, inclusive com folha de pagamento atrasada, inclusive das pessoas da saúde, que estão na linha de frente: profissionais médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais da área de saúde; que estão com quase dois meses de salários atrasados”, explicou o prefeito, acrescentando que vai priorizar o pagamento dos profissionais de saúde e que a Secretária de Saúde já iniciou o processo de negociação com a categoria.

Reunião – De acordo com a secretária de Saúde, Haline Leite, a gestão já esteve reunida com um grupo de médicos do Hospital Materno Infantil João Marsicano e alguns profissionais da atenção básica, nessa segunda-feira (1º), quando acolheu as reivindicações e se comprometeu em apresentar uma proposta para o segmento. “As solicitações são justas, mas pedimos que possam ter um pouco de paciência neste primeiro momento em que estamos colocando ordem na casa”, solicitou a secretária.

Em contrapartida, o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano, disse que tem acompanhando o início do trabalho da atual gestão e parabenizou o prefeito Jefferson Kita pelas ações, além de externar as preocupações que o CRM-PB tem, em particularmente, com o pagamento dos salários dos médicos e também dos demais profissionais de saúde do município.

“Fico muito feliz e confiante de que ele (Jefferson Kita) vai tentar colocar esses planos em dia e os projetos para a saúde da cidade de Bayeux”, destacou o presidente do CRM-PB, sugerindo que a Secretaria de Saúde converse com os profissionais de saúde, apresente um plano para a atualização dos salários; e garanta o bom funcionamento das unidades de saúde, de forma a garantir o serviço que a população de Bayeux necessita.

O presidente do CRM-PB falou à nossa reportagem:

 

Coordecom Bayeux